Influências de Alexandre Wollner

Alexandre Wollner
– um dos mais importantes nomes do designer moderno no Brasil;
– ajudou na criação do “FormInform” (escritório pioneiro em design no país) ;
– participou da primeira escola de design do país – Escola Superior e Desenho Industrial do Rio de Janeiro (ESDI);

Karl Gerstner (1930-)
– designer gráfico;
– praticante do racionalismo suíço;
– definia o design como “um programa de regras para construção de soluções visuais”;
– utilizava o computador para apresentar seus modelos que juntavam normas simples à descrição matemática dos elementos visuais;
– escreveu o livro “Designing Programmes”;
– fundou, juntamente com Markus Kutter, a agência Gerstner + Kutter que se tornou uma das mais conhecidas na Suiça;
– foi designer da IBM

karlgerstner_d17914i50

Albrecht Dürer (1471- 1528)

– figura central da renascença alemã;
– era inovador e afirmava que “a nova arte deverá basear-se na ciência – em particular na matemática, como a mais exacta, lógica e impressionantemente construtiva das ciências”;
– publicou o livr chamado “The Four Books on Human Proportions” em 1528;
– seus trabalhos eram influenciados pela proporção e pela perspectiva;
– participou ativamente da Reforma de Lutero;
– suas pinturas representavam manifestos muitas vezes;
– utilizava a técnica da xilogravura;
– tinha habilidade e originalidade;
– era um grande estudioso e descobridor de novas técnicas.

Leonardo Fibonacci (1170- 1250)

– matemático italiano considerado o mais talentoso da Idade Média;
– ficou conhecido pela descoberta da sequência de Fibonacci – números inteiros na qual cada número é igual à soma dos dois precedentes (1, 1, 2, 3, 5, 8…); – – introduziu os algarismos árabes na Europa;
– dedicou-se à escrita e aplicação da matemática;
– Escreveu o livro chamado “Liber abbaci” em 1202 que continha as descobertas matemáticas dos árabes (alguns desses algarismos são utilizados até hoje);
– interessava-se por geometria e na álgebra teórica;
– principais obras: “Liber abbaci”, “Practica geometriae” e “Liber quadratorum”.

Francesc Petit (1934-)

– publicitário e pintor catalão naturalizado brasileiro;
– fundou com José Zaragoza o estúdio Metro 3;
– é também artista plástico;
– é considerado inovador e criativo;
– sócio de uma das maiores agências do país (DPZ);
– procura divulgar a arte catalã;
– escreveu alguns livros entre eles: “Propaganda Ilimitada”, “Marca” e “Quem Inventou Picasso”.

Pietro Maria Bardi (1900- 1999)

– museólogo, crítico e historiador da arte, jornalista, marchand, colecionador e professor;
– funda o jornal de arte “Belvedere” em 1929;
– trabalha como jornalista (jornal “Il Secolo”, “Corriere della Sera”, “L’Ambrosiano”, panfleto “Rapporto Sull’Architettura”, revista “Quadrante”, períodico “Meridiano di Roma”, revista de arte “Lo Stile”, entre outros.)
– artes: dirigiu a “Galleria d’Arte di Roma” e promove a “Mostra Italiana de Arquitetura Racional”;
– responsável pela criação do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e direção por 45 anos;
– definia-se como “um aventureiro”.


gw04

IAC MASP (1950-1953)

– “Instituto de Arte Contemporânea do Museu de Arte de São Paulo”;
– foi idealizada por Pietro Maria Bardi e coordenado pela arquiteta Lina Bo Bardi;
– ensino do design de nível superior;
– iniciativa pioneira no Brasil;
– oferecia cursos inéditos para a formação de profissionais especializados, suprindo as exigências do parque industrial em expansão;
– foi fudamental, pois abriu espaço para o Design no Brasil;
– haviam exposições e palestras para complementar a formação dos alunos;
– formou os primeiros designers com atuação efetiva no mercado brasileiro;
– acabou sendo desativado em 1953, pois o mercado industrial brasileiro ainda não conseguia absorver seus alunos.

Projeto para novo Instituto de Arte Contemporânea

Bauhaus (1919 – 1933)

– Staatliches Bauhaus (literalmente, casa estatal de construção);
– antiga escola de design, artes plásticas e aquitetura de vanguarda;
– localizava-se na Alemanha;
– expressava o Modernismo no design e na arquitetura;
– umas das primeiras escolas de design no mundo;
– incorporava “os novos materiais”;
– a tipografia moderna origina-se de lá;
– foi criada a partir da necessidade de projectistas (designers).

Flavio Motta (1916- 1998)

– desenhista, historiador, crítico, professor;

– trabalhou como conservador do MASP.

flaviomotamestre

Aldemir Martins (1922-)

– artista plástico brasileiro, ilustrador e pintor e escultor autodidata;
– grande renome no Brasil e no exterior;
– participou da criação do Grupo Artys e da Sociedade Cearense de Artistas Plásticos (SCAP);
– dedicava-se ao Nordeste como tema de suas obras;
– expôe em 1942 no II Salão de Pintura do Ceará;
– ilustrações para os jornais “O Unitário”, “O Correio do Ceará” e “O Estado” e para livros de intelectuais cearenses;
– participou de mais de 150 exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior.

Roberto Sambonet (1924- 1995)

– artista plástico
– lecionou no Instituo de Are Contemporânea;
– IAC de São Paulo nos anos 1950;
– foi mestres de uma geração de designers brasileiros;
– colaborou com o casal Pietro e Lina Bo Bardi no MASP.

Paul Rand (1914- 1996)

– trabalhou com empresas como a IBM, ABC e UPS;
– grande influência nas áreas da comunicação e design gráfico;
– foi incluído no “New York Art Directors Club Hall of Fame” em 1972;
– chamava atenção por sua criatividade;
– 60 anos de carreira;
– lecionou Graphic Design na Universidade de Yale.
– trabalho reconhecido em todo o mundo.

Saul Steinberg (1914-1999)

– artista plástico,
– importante caturnista;
– nascido na Romênia;
– grande crítico de arquitetura e do urbanismo nos EUA;
– desenhou mais de 85 capas para a revista “New Yorker”.

Geraldo de Barros (1923-1998)
– obras: pinturas, fotografias, gravuras, artes gráficas e desenho industrial;
– pioneiro da fotografia abstrata e do modernismo no Brasil;
– questões sociais e urbanas presentes em suas trabalhos;
– fundador e membro de movimentos e associações artísticas (Grupo 15, Galeria Rex, grupo Ruptura, grupo FormInform, cooperativa de produção de móveis Unilabor e indústria de móveis Hobjeto.);
– faz com que a fotografia seja considerada uma linguagem artística e realiza uma exposição chamada de Fotoformas;

GERALDO_DE_BARROS

Max Bill (1908-1994)

– designer gráfico, designer de produto, arquiteto, pintor, escultor, professor e teórico do design;
– um dos mais importantes e influentes designers do século XX;
– atuava como professor na Escola de Ulm;
– influenciou a Escola Superior de Desenho Industrial, no Brasil;
– formação da escola artística conhecida como o concretismo ;
– bastante crítico.

Grupo Ruptura (1925-1960)

– o movimento concreto surgiu em São Paulo;
– formado por Waldemar Cordeiro, Lothar Charoux, Geraldo de Barros, Luiz Sacilotto, Kazmer Féjer, Anatol Wladyslaw e Leopoldo Haar;
– realizavam experiências com a abstração;
– queriam uma nova forma de arte;
– primeira exposição, no Museu de Arte Moderna de São Paulo em 1952;
– Manifesto Ruptura;
– gerou diversas discussões no meio cultural brasileiro;
– alguns artistas atuaram nas áreas do design, arquitetura e paisagismo.

rupturageraldo

Exposição Max Bill (1951)

– Max Bill apresentou uma exposição individual;
– Museu de Arte Moderna de São Paulo;
– abriu as portas do país para as novas linguagens plásticas;
– ganhou o prêmio aquisição com a obra Unidade Tripartida;
– nova linguagem pictórica surgida.

HFG (Hochschule für Gestaltung) (1953- 1968)

– prometia continuar a obra didáctica da Bauhaus;
– pioneiros do design alemão;
– previa um design também apoiado na ciência e na tecnologia;
– importante papel social;
– desenvolvia projetos em parceria com indústrias.

OTL Aicher (1922-1991)

– um dos maiores designers gráficos alemães do século XX;
– trabalhava com identidade visual;
– criou um novo tipo que tomava forma ao longo de um processo;
– elaborou um conjunto de pictogramas pra os jogos ollímpicos de Munique;
– criou a família tipográfica Rotis em 1988;
– conseguiu uma linguagem Universal pictográfica entendida de forma transcultural.

Anúncios

Um comentário em “Influências de Alexandre Wollner

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s